A água mais famosa do mundo

Um Italiano criou, em Colônia um dos mais famosos perfumes do mundo. A água de Colônia.

Uma fragrância que lembra-se as manhãs de primavera depois da chuva, escreveu o perfumista Giovanni Maria Farina em 1708. Laranja, limão, toranja, bergamota, cidra o faziam lembrar de sua cidade natal. Hoje em dia quando se pensa no perfume criado por ele lembra-se imediatamente da cidade de Colônia. Foi a Água de Colônia criada por esse italiano, que fez Colônia no século XVIII ficar conhecida mundialmente como a cidade do perfume. A lista de clientes era grande e tinha o sangue azul. Os reis da Prússia e da Polônia, os austríacos, os britânicos, os espanhóis, os dinamarquezes e os suiços. Todos eles queriam a Água de Colônia. Mas na lista também encontram-se pessoas como: Mozart, Adenauer, Marlene Dietrich, princesa Diana e Bill Clinton.

No século XVIII ainda não existiam direitos autorais, portanto, muitas pessoas começaram a copiar o perfume. Hoje em dia a oitava geração da família Farina ainda produz o mesmo perfume. A antiga fábrica ainda fica de frente para a Prefeitura e abriga agora o museu do Perfume.

Sejam bem-vindos a casa onde nasceu a Água de Colônia.

Deixe-se levar pelo mundos dos sentidos na casa Farina. Se tiver interesse em fazer a visita guiada faça sua reserva pelo site.

 

Horário de funcionamento

Segunda – Sabádo 10 – 19 hrs
Domingo 11 – 16 hrs

Follow us on Pinterest